Conexões entre a arte e a prática clínica

  • Rafael dos Reis Biazin
  • Sonia Regina Vargas Mansano

Resumo

A organização socioeconômica capitalista produz efeitos subjetivos que são amplamente trazidos para serem analisados nas clínicas psicológicas. A presente pesquisa, de cunho qualitativo, buscou investigar como acontecem as práticas clínicas na contemporaneidade, valendo-se, primeiramente da análise de documentos elaborados pelos conselhos profissionais que possuem uma característica mais prescritiva e instituída. Todavia, em função das dimensões de acaso e de imprevisibilidade que atravessam a existência clínica, este modelo instituído demanda uma análise mais situada. Assim, buscou-se pensar naquelas práticas clínicas que vão além das prescrições com objetivos curativos e que colocam em curso processos de criação de modos de vida. Nesta via, foi possível delinear conexões entre a arte e a clínica, buscando destacar uma prática que se propõe a acompanhar a vida em seus movimentos de transformação e criação.

Publicado
2018-03-26
Como Citar
BIAZIN, Rafael dos Reis; MANSANO, Sonia Regina Vargas. Conexões entre a arte e a prática clínica. Revista de Psicologia da Unesp, [S.l.], v. 16, n. 2, p. 01-11, mar. 2018. ISSN 1984-9044. Disponível em: <http://seer.assis.unesp.br/index.php/psicologia/article/view/1037>. Acesso em: 23 jun. 2018.
Seção
Artigos