Recursos artístico-expressivos na terapia familiar: um estudo teórico-clínico

Ricardo da Silva Franco, Marisa Cássia Subtil de Almeida, Maíra Bonafé Sei

Resumo


Objetiva-se com este artigo discutir o emprego de recursos artísticoexpressivos
na terapia familiar. Organiza-se como um estudo teórico-clínico,
pautado na metodologia qualitativa. Dessa forma, inicia-se com uma
apresentação dos aspectos teóricos que fundamentam esse tipo de intervenção
com o público em questão. Posteriormente, apresenta-se uma ilustração clínica
de uma família acompanhada em um serviço-escola de Psicologia, cujo
atendimento foi mediado pelos recursos artístico-expressivos. Finaliza-se
apontando para o potencial da arteterapia em intervenções familiares,
compreendendo-se que esta favorece não apenas a comunicação dos
participantes como também a elaboração de questões concernentes ao grupo
familiar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

 


Revista de Psicologia da UNESP. ISSN:1984-9044
Periódico do Programa de Pós-Graduação e do Curso de Psicologia da FCL de Assis.
Universidade Estadual Paulista