A Revista de Psicologia da UNESP, uma publicação do programa de Pós-Graduação e do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências e Letras de Assis - UNESP, visa à divulgação de trabalhos científicos originais pertinentes à psicologia e áreas afins. Serão aceitos trabalhos em português, espanhol e inglês dos seguintes tipos:

  1. Comunicações: relatos breves de pesquisas ou trabalhos apresentados em reuniões científicas/eventos culturais contendo descrições ou avaliações de métodos e procedimentos (mínimo de 3; máximo de 7 laudas);
  2. Depoimentos: relatos de experiências profissional de interesse para as diferentes práticas psicológicas (mínimo de 3; máximo de 7 laudas);
  3. Entrevistas: transcrição de entrevistas com personagens relevantes para a psicologia (máximo de 15 laudas);
  4. Estudos de casos ou reuniões clínicas: devem conter uma pequena introdução, apresentação do caso e sua discussão, além de referências bibliográficas (mínimo de 2; máximo de 5 laudas).
  5. Estudos teóricos/ensaios: são trabalhos de cunho de atualização ou opinativos. Analisam temas e questões fundamentadas teoricamente, levando ao questionamento de modos de pensar e atuar existentes e a novas elaborações, considerando neles a análise de aspectos filosóficos, éticos ou sociais relacionados à psicologia (mínimo de 5; máximo de 20 laudas);
  6. Notas bibliográficas e resenhas: sugestões de textos, artigos, filmes etc, bem como resenhas de livros de interesse para a psicologia, com indicação precisa da fonte a ser comentada (mínimo de 1; máximo de 4 laudas);
  7. Relatos de pesquisa: investigações baseadas em dados empíricos, recorrendo a metodologia quantitativa e/ou qualitativa. (mínimo de 5; máximo de 20 laudas);
  8. Ressonâncias: comentários complementares e réplicas a textos publicados em números anteriores da Revista (mínimo de 1; máximo de 5 laudas);
  9. Relatos de experiência: descrição de procedimentos e estratégias, ou narrativas de experiências e vivências que apresentem uma contribuição acadêmica;