A formulação do discurso anticristão no Japão dos séculos XVI-XVII

Autores

  • Renata Cabral Bernabé USP

Palavras-chave:

missão, japão, edito anticristão

Resumo

Poucas décadas após os primeiros missionários cristãos pisarem no Japão, os líderes japoneses que promoveram a unificação do arquipélago e ajudaram a erigir um novo governo ao longo da segunda metade do século XVI promulgaram editos anticristãos; o primeiro (1587) expulsando os missionários, o segundo (1614) proibindo o cristianismo. Esses editos carregam no conteúdo de seus textos as razões pelas quais os líderes desconfiavam dos missionários e decidiram por banir o cristianismo do Japão. O presente artigo analisa esses editos e propõe uma análise do uso do conceito shinkoku – traduzido pelo missionário jesuíta Luis Fróis como “reino dos Camis” – por esse novo governo, erigido após o processo de unificação, completado ao fim do século XVI.

 

Downloads

Publicado

2019-12-16

Como Citar

BERNABÉ, Renata Cabral. A formulação do discurso anticristão no Japão dos séculos XVI-XVII. Faces da História, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 52–77, 2019. Disponível em: https://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/1395. Acesso em: 25 jun. 2024.