Referências bibliográficas sobre o Islã no Brasil

um estudo de caso dos livros didáticos de Gilberto Cotrim e Cláudio Vicentino

Autores

  • Felipe Yera Barchi UNESP

Palavras-chave:

Islã, Livro Didático, PNLD(EM), Orientalismo

Resumo

O Islã tem tido grande exposição nas mídias ocidentais desde a Revolução Iraniana (1979) e tal movimento também é constatado no Brasil. Esse interesse tem se manifestado também nos livros didáticos de História, que no último século inverteram o foco da Antiguidade para a Contemporaneidade e incluíram o Islã em muitos capítulos. Diante disso, rastreamos quais autores servem de referência para composição dos textos didáticos e como esse rol se modificou nas últimas décadas, sobretudo com a escalada da associação entre extremismo islâmico e terrorismo na mídia de um lado e, de outro, a criação e expansão do Programa Nacional do Livro Didático, mais especificamente seu segmento voltado para o Ensino Médio, o PNLD (EM). Nosso artigo revela peculiaridades acerca do processo de produção dos livros didáticos na Era PNLD concluindo que as referências bibliográficas citadas são usadas com muita liberdade a fim de satisfazer as exigências do PNLD.

Downloads

Publicado

2019-12-16

Como Citar

BARCHI, Felipe Yera. Referências bibliográficas sobre o Islã no Brasil: um estudo de caso dos livros didáticos de Gilberto Cotrim e Cláudio Vicentino. Faces da História, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 139–156, 2019. Disponível em: https://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/1440. Acesso em: 20 fev. 2024.