O conceito dialético de interpretação na filosofia hermenêutica de Paul Ricoeur

  • Filipe Caldas O. Passos
Palavras-chave: Hermenêutica; dialética; crítica; ontologia; interpretação

Resumo

O tema deste artigo é o conceito dialético de interpretação na filosofia hermenêutica de Paul Ricoeur. Analisamos o impacto desse conceito não somente no sentido metodológico e epistemológico das ciências humanas, mas no sentido crítico e ontológico do mesmo, ou seja, nas consequências da interpretação da relação entre o ser humano e a realidade. Para tanto, apresentamos o diálogo que Ricoeur estabeleceu com a tradição hermenêutica, bem como com a tradição crítica, buscando ultrapassar as limitações de ambas a partir de uma hermenêutica crítica, composta por sucessivos momentos dialéticos e capaz, segundo o autor, de abordar adequadamente o conceito de interpretação e também suas implicações no existir humano.

Biografia do Autor

Filipe Caldas O. Passos

Mestre em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará-UECE.

Referências

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. 13. ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

HEIDEGGER, Martin. Marcas do caminho. Petrópolis: Vozes, 2008.

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo.Campinas: Editora da Unicamp; Petrópolis: Vozes, 2012.

NIETZSCHE, Friedrich. Genealogia da moral. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

PLATÃO. Diálogos III: Fedro; Eutífron; Apologia de Sócrates; Críton; Fédon. Bauru: Edipro, 2008.

RICOEUR, Paul. Escritos e conferências 1: em torno da psicanálise. São Paulo: Edições Loyola, 2010.

RICOEUR, Paul. Hermenêutica e ideologias. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2011a.

RICOEUS, Paul. Teoria da interpretação: o discurso e o excesso de significação. Rio de Janeiro: Edições 70, 2011b.

VATTIMO, Gianni. O fim da modernidade: niilismo e hermenêutica na cultura pós-moderna. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Publicado
2017-08-18
Como Citar
PASSOS, F. C. O. O conceito dialético de interpretação na filosofia hermenêutica de Paul Ricoeur. Faces da História, v. 1, n. 2, p. 64-86, 18 ago. 2017.