As primeiras tintas negras:

O Homem De Côr na História do Brasil

Autores

  • Pedro Cachapuz PPGH/Mestrando

Palavras-chave:

Imprensa Negra, Imprensa no Brasil Império, História e Imprensa, Intelectualidade Negra

Resumo

O presente trabalho tem como principal objeto o primeiro jornal da chamada “Imprensa Negra” brasileira: O Homem de Côr. Temos por objetivo principal identificar a quem o jornal se dirigia, via leitura dos números e seguindo as orientações da literatura historiográfica a respeito dos diálogos entre a imprensa de cada época. A partir disso, foi possível verificar o esforço do jornal em se dirigir diretamente para a população afro-brasileira, especialmente a da sede imperial. Publicado no ano de 1833, marcou o surgimento de jornais comprometidos em denunciar desigualdades e discriminações raciais no Brasil. De forma breve, também é apresentada a Imprensa Negra do século XIX, e a Imprensa Abolicionista, destacando as diferenças entre ambas. 

Referências

ALBUQUERQUE, Wlamyra. Réplica - O jogo da dissimulação: abolição e cidadania negra no Brasil. Perseu: História, Memória e Política, São Paulo, v. 1, n.1, p. 288-297, 2011.

CAPELATO, Maria H. A imprensa na história do Brasil. São Paulo: Contexto/EDUSP, 1988.

CARVALHO, José Murilo de. A vida política. In: CARVALHO, J. M. (Org.). A construção nacional: 1830-1899. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012, p. 83-129.

CRUZ. Heloísa de Faria; PEIXOTO, Maria do Rosário. Na Oficina do Historiador: conversas sobre história e imprensa. Projeto História, São Paulo, n. 35, p. 253-270, dez. 2007.

DOMINGUES, Petrônio. Imprensa negra. In: SCHWARCZ, Lilia; GOMES, Flávio. (Org.). Dicionário da escravidão e liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2018, p. 253-259.

GODOI, Rodrigo Camargo de. Um editor no Império: Francisco de Paula Brito (1809-1861). São Paulo: Edusp; Fapesp, 2016.

GRINBERG, Keila.; MAMIGONIAN, Beatriz Gallotti. Lei de 1831. In: SCHWARCZ, Lilia; GOMES, Flávio. (Org.) Dicionário da Escravidão e Liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2018a, p. 285-291.

GRINBERG, Keila. A Sabinada e a politização da cor na década de 1830. In: GRINBERG, Keila; SALLES, Ricardo. (Org.). O Brasil Imperial, volume II: 1831-1870. 5 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018b, p. 269-296.

LUCA, Tânia Regina de.; MARTINS, Ana Luiza. (Org.) História da Imprensa no Brasil. São Paulo: Contexto, 2008.

MACHADO, Humberto. Intelectuais, Imprensa e Abolicionismo no Rio de Janeiro. In: XXIV Simpósio Nacional de História - ANPUH, São Leopoldo, 2007. Anais[...]. São Leopoldo, 2007.

MACHADO, Humberto. Palavras e brados: José do Patrocínio e a imprensa abolicionista do Rio de Janeiro. Niterói: Editora da UFF, 2014.

PINTO, Ana Flávia Magalhães. De pele escura e tinta preta: a imprensa negra do século XIX (1833-1899). 2006. 197 f. Dissertação (Mestrado em História) – Departamento de História, Universidade de Brasília, Brasília, 2006.

RAMINELLI, Ronald. Nobrezas do Novo Mundo; Brasil e ultramar hispânico, século XVII e XVIII. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2015.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. Teorias Raciais. In: SCHWARZ, Lilia.; GOMES, Flávio. (Org.). Dicionário da escravidão e liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2018, p. 403-409.

SODRÉ, Nelson Werneck. História da Imprensa no Brasil. 4ª ed. Rio de Janeiro: Mauad, 1999.

VAINFAS, Ronaldo. Colonização, Miscigenação e questão racial: notas sobre equívocos e tabus da historiografia brasileira. Tempo (London), Niterói, v. 8, p. 1-12, 1999.

Downloads

Publicado

2023-12-19

Como Citar

CACHAPUZ, Pedro. As primeiras tintas negras:: O Homem De Côr na História do Brasil. Faces da História, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 169–191, 2023. Disponível em: https://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/2510. Acesso em: 18 maio. 2024.