Usos e atribuições da memória em capas da Revista Militia

entre monumentos e a construção da memória coletiva da Fôrça Pública de São Paulo.

Autores

  • Silvane Ribeiro Gonçalves Unicentro

Resumo

A presente pesquisa visa analisar como a Revista Militia (1947/1964) elaborou em suas capas a construção da identidade e da unidade da polícia militar paulista através da construção da memória institucional, por meio da reminiscência de heróis do passado e do presente. Dessa forma, pretende-se mapear as capas que fazem alusão a heróis do passado e do presente, em seguida, compreender os conceitos de lugar de memória e memória coletiva, bem como a definição de monumentos da memória e, por fim, identificar como as capas auxiliaram no processo de construção da memória institucional e aproximação com o público.

Referências

ARIAS NETO, José Miguel. Imprensa Militar no século XIX: um balanço preliminar. Revista Navigator, v. 9, n. 18, 2013. p. 55-64.

BATTIBUGLI, Thaís. Democracia e segurança pública em São Paulo (1946-1964). Tese (Doutorado em Ciência Política). Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Ciência Política: Programa de Pós-graduação em Ciência Política. Núcleo de Estudos da Violência (NEV-USP). São Paulo: USP, 2006.

CARVALHO, José Murilo. Forças Armadas e Política no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar, 2005.

GONÇALVES, Silvane R; MOREIRA, Rosemeri. Polícia e masculinidade nas capas da Revista Militia (1947-1964). In: V ENCONTRO NACIONAL DO GRUPO DE TRABALHO ESTUDOS DE GÊNERO DA ANPUH-BRASIL: Gênero e Colonialidade nos 200 anos de Brasil (in)dependente. 2022, Montes Claros, MG. Anais. São Paulo: ANPUH-Brasil, 2023.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Tradução de Wilma Patrícia Maas e Carlos Almeida Pereira; revisão técnica de César Benjamin. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUC-Rio, 2006.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Tradução: Bernardo Leitão et al. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1990.

LE GOFF, Jacques. Documento/monumento. In: LE GOFF, Jacques. História e memória. Tradução: Bernardo Leitão. 7. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp. 2013.

LUCA, Tania Regina de. História dos, nos e por meio dos periódicos. In: PINSKY. Carla Bassanezi (org.). Fontes Históricas. 2.ed., I a reimpressão. São Paulo: Contexto. 2008.

NORA, Pierre. Entre memória e História: a problemática dos lugares. Projeto História: Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados de História, [S. l.], v. 10, 2012.

POLLAK, Michael. Memória, Esquecimento, Silêncio. Tradução: Dora Rocha Flaksman. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, 1989. p. 3-15.

Downloads

Publicado

2023-12-19

Como Citar

RIBEIRO GONÇALVES, Silvane. Usos e atribuições da memória em capas da Revista Militia: entre monumentos e a construção da memória coletiva da Fôrça Pública de São Paulo. Faces da História, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 308–320, 2023. Disponível em: https://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/2549. Acesso em: 22 abr. 2024.