Metamorfoses políticas na esquerda brasileira

do IV Congresso (1954) à Nova Política (1958) do PCB

  • Eder Renato de Oliveira
Palavras-chave: PCB; Revolução brasileira; História do Marxismo no Brasil

Resumo

Este trabalho propõe-se à análise histórico-política da trajetória do PCB e à difícil construção da Revolução brasileira e, em específico os acontecimentos de 1954 a 1964, bem como às oscilações e divergências no Comitê Central no que tange ao entendimento da categoria de Revolução brasileira. Como estrutura de análise serão investigados alguns momentos políticos, frutos de divergências e convergências no Comitê Central e base partidária que culminariam, a saber: na mudança de postura frente ao suicídio de Vargas e o prognóstico da Revolução brasileira no IV Congresso (1954); o significado do “golpe preventivo” do general Teixeira Lott (1955) e o apoio do PCB a JK e, de outro lado, os episódios do XX Congresso do PCUS (Partido Comunista da União Soviética), em 1956 e a Declaração de Março de 1958. Assim, teremos elementos para investigar como o PCB pensava o desenvolvimento da Revolução Burguesa no Brasil. Ademais, como o PCB interpretou o Brasil da década de 50.

Biografia do Autor

Eder Renato de Oliveira

Discente de Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Marília. Graduado em Ciências Sociais pela UNESP de Marília. É pesquisador do Grupo de Pesquisa do Pensamento Político Brasileiro e Latino-americano. Participa do Grupo de Estudos NEOM (Núcleo de Estudos de Ontologia Marxiana).

Referências

ANTUNES, Ricardo. O Continente do Labor. São Paulo: Boitempo, 2011.

CARONE, Edgar. O PCB – 1943-1964. v. 2. São Paulo: Difel, 1982.

CASTRO, Ruy. Chega de Saudade: a história a as histórias da Bossa Nova. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

CUNHA, Paulo Ribeiro. Aconteceu Longe Demais: a luta pela terra dos posseiros em Formoso e Trombas e a Revolução Brasileira (1950-1954). São Paulo: Ed. Unesp, 2007.

FILHO, Daniel Aarão Reis. Entre a Reforma e Revolução: A Trajetória do Partido Comunista no Brasil entre 1943 e 1964. In: RIDENTI, Marcelo, FILHO, Daniel Aarão Reis (Orgs.). História do Marxismo no Brasil. Os partidos e Organizações dos anos 20 aos 60.V.V. Campinas: Ed. Unicamp, 2002.

GOMES, Angela de Castro (Org.). O Brasil Republicano: sociedade e política (1930-1964). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997. (História geral da civilização brasileira, t. 3, v. 3).

GORENDER, Jacob. Combate nas Trevas. 3. ed. São Paulo: Ática, 1987.

SILVA, M. M. L. Crimes da era digital. Net, Rio de Janeiro, nov. 1998. Seção Ponto de Vista. Disponível em: <http://www.brazilnet.com.br/ Contexts/brasilrevistas.htm>. Acesso em: 28 nov. 1998.

IGLESIAS, Francisco. Trajetória política do Brasil: 1500-1964. São Paulo. Cia. Das Letras, 2002.

LEITE, Dante Moreira. O Caráter Nacional Brasileiro. 6. ed. São Paulo: Editora Unesp, 2002.

MAZZEO, Antônio Carlos. Burguesia e Capitalismo no Brasil. 2. ed. São Paulo: Ática, 1995.

MAZZEO, Antônio Carlos. Sinfonia Inacabada: a política dos comunistas no Brasil. São Paulo, Boitempo, 1999.

MENDONÇA. Sônia Regina. As bases do desenvolvimento Capitalista dependente: da industrialização restringida à internacionalização. In: LINHARES, Maria Yedda (Org.). História Geral do Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 1996.

NOGUEIRA, Marco Aurélio. PCB: vinte anos de política, 1958-1979. São Paulo: Ciências Humanas, 1980.

RAMOS, José Mário Ortiz. Cinema, Estado e lutas culturais: anos 50/60/70. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

RODRIGUES, Leôncio Martins. O PCB: os dirigentes e a organização. História geral da civilização brasileira, v. 3, p. 1930-1964, 1997.

SANTOS, Raimundo. Crise e Pensamento Moderno no PCB dos anos 50. In, MORAES, J. Quartin. FILHO, Daniel Aarão Reis Filho (Orgs.). História do Marxismo no Brasil. O impacto das revoluções. V. I. Campinas: Ed. Unicamp, 2003.

SEGATTO, José Antônio. Breve História do PCB. 2. ed. Belo Horizonte: Oficina de Livros, 1989.

SKIDMORE, Thomas. Brasil: de Getúlio a Castelo. 4. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra,1975.

VARELA, Glória. Jacob Gorender - A Esquerda Revelada. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/materias/MEMORIAS/186448-JACOB-GORENDER---A-ESQUERDA-REVELADA.html>. Acesso em: 16 fev. 2015.

VINHAS, Moisés. O Partidão – a luta por um partido de massas (1922-1974). São Paulo: Hucitec, 1982.

Publicado
2017-09-05
Como Citar
OLIVEIRA, E. R. DE. Metamorfoses políticas na esquerda brasileira . Faces da História, v. 3, n. 1, p. 159-181, 5 set. 2017.