As denúncias à Ditadura Empresarial-Militar brasileira na Europa pela revista Brasil Socialista

Autores

  • Thomaz Joezer Herler UFG

Palavras-chave:

Revista Brasil Socialista; Ditadura Empresarial-Militar brasileira; Direitos Humanos; Détente

Resumo

Neste artigo serão abordadas as denúncias à Ditadura Empresarial-Militar brasileira e as análises sobre esse período político em nosso país desenvolvidas pela revista Brasil Socialista, criada durante a segunda metade da década de 70 na França. O surgimento dela teria sido fruto da cooperação desenvolvida entre algumas organizações revolucionárias armadas quando seus militantes já estavam exilados após o fracasso da tentativa de depor o Regime pela violência revolucionária no Brasil. Para isso, serão analisadas algumas partes da edição no 7 da mesma tendo em vista o contexto histórico em que esses dissidentes políticos viviam, que propiciava tanto as denúncias das arbitrariedades cometidas pelos regimes ditatoriais contra os Direitos Humanos quanto mudanças das concepções de tática para a derrubada da Ditadura.

Referências

AARÃO REIS FILHO, Daniel. Ditadura militar, esquerdas e sociedade. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.

ANTUNES, Ricardo. A rebeldia do trabalho. 2. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1992.

CARDOSO, Ciro Flamarion; VAINFAS, Ronaldo. História e análise de textos. In: CARDOSO, Ciro Flamarion; VAINFAS, Ronaldo (Org.). Domínios da história: ensaios sobre teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

DREIFUSS, René Armand. 1964: A conquista do Estado/Ação Política, Poder e Golpe de Classe. 5a Ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 1987.

FOOT, Rosemary. The Cold War and human rights. In: The Cambridge History of the Cold War Volume 3: Endings/ Melvyn P. Leffler; Odd Arne Westad. Cambridge University Press, 2010.

FRANCO, Marina. Exilio. Argentinos en Francia durante la dictadura. Buenos Aires: Siglo XXI, 2007.

GOMES, Paulo César. Brasileiros na França: o exílio segundo a visão do Centro de Informações do Exterior (CIEX) entre 1966 e 1968. Revista Contemporânea – Dossiê 1964-2014: 50 anos depois, a cultura autoritária em questão. Ano 4, n. 5 | 2014, v.1. Disponível em: <http://www.historia.uff.br/nec/sites/default/files/6_Brasileiros_na_Franca.pdf>. Acesso em: 08 ago. 2016, às 09:50.

LENIN, Vladmir. Que fazer?. Tradução da edição francesa das Editions Sociales, Paris, 1969 (traduzida sob a responsabilidade de Roger Garaudy, por Kyra Hoppe e Alexandre Roudnikov, da quinta edição russa, tomo V das Obras de V. I. Lenin. Direitos de tradução em língua portuguesa reservados pela Editora de Humanismo, Ciência e Tecnologia Hucitec: São Paulo, 1988.

MACIEL, David. Democratização e manutenção da ordem na transição da Ditadura Militar à Nova República. 418f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Letras, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 1999.

MACMAHON, Robert. Guerra fria. Tradução de Rousaura Eichenberg. Porto Alegre, RS: L&PM, 2012.

MELO, Demian Bezerra de. Ditadura “civil militar”?: controvérsias historiográficas sobre o processo político brasileiro no pós-1964 e os desafios do tempo presente. In: Espaço Plural. Ano XIII. N. 27. 2o semestre 2012, p. 39-53.

PADRÓS, Enrique Serra. História do tempo presente, Ditaduras de Segurança Nacional e arquivos repressivos. Tempo e Argumento, Florianópolis, v.1, n.1, p. 30-45, jan./jun. 2009.

RIDENTI, Marcelo. O Fantasma da Revolução Brasileira. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1993.

RONIGER, Luís. Exílio massivo, inclusão e exclusão política no século XX. Dados. Rio de Janeiro, v. 53, n. 1, p. 91-123, 2010.

FONTES:

Revista Brasil Socialista. Ano II, n. 7, Outubro 1979.

ENDEREÇOS ELETRÔNICOS:

“Resistir é preciso...” – Um projeto do Instituto Vladimir Herzog. Disponível em: <http://resistirepreciso.org.br/> Acesso em: 08/08/2016, às 18:26.

Downloads

Publicado

2017-09-07

Como Citar

HERLER, Thomaz Joezer. As denúncias à Ditadura Empresarial-Militar brasileira na Europa pela revista Brasil Socialista. Faces da História, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 226–240, 2017. Disponível em: https://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/414. Acesso em: 24 abr. 2024.