Dentro e fora da cadeia pública

trabalho e reforma prisional na província do Grão-Pará (1830-1850)

  • João Victor da Silva Furtado Universidade Federal do Pará
  • Érico Silva Muniz UFPA

Resumo

O presente artigo apresenta os debates pela necessidade de uma nova prisão na Capital do Grão-Pará no âmbito da reforma prisional vivida no Império entre as décadas de 1830 e 1850. O trabalho nas prisões foi um importante instrumento utilizado pelas autoridades para disciplinar a população carcerária e viabilizar obras públicas, serviços de limpeza e manutenção de instituições como a cadeia, os arsenais e quartéis. A pesquisa com fontes periódicas e mensagens do presidente da Província para a Assembleia Legislativa Provincial busca observar os presos como sujeitos históricos que criaram estratégias diversas, expressas em fugas, comércio de bens e medidas lícitas para sair da prisão.

Publicado
2019-06-21
Como Citar
FURTADO, João Victor da Silva; MUNIZ, Érico Silva. Dentro e fora da cadeia pública. Faces da História, [S.l.], v. 6, n. 1, p. 285-311, jun. 2019. ISSN 2358-3878. Disponível em: <http://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/1273>. Acesso em: 19 ago. 2019.