O local e o global em charges

expressões de um artista palestino em Haifa nas décadas de 1970 e 1980

  • Carolina Ferreira de Figueiredo
Palavras-chave: História, Arte, Palestina, Charges, Periódicos, Haifa

Resumo

Este artigo tem por objetivo discutir a relação entre a luta palestina e as artes visuais, tomando como análise charges produzidas pelo artista palestino Abed Abdi durante os anos de 1972 e 1981. O trabalho desenvolvido pelo artista era vinculado e publicado no jornal Al-Ittihad, um periódico criado em 1944 e ligado ao Partido Comunista, baseado na cidade de Haifa. O Jornal Al-Ittihad produzia suas edições em árabe e distribuía para diversos locais do país, um periódico que publicizou amplamente sua oposição a diversas medidas propostas pelo novo Estado de Israel, criado em 1948. Ao acompanhar a trajetória individual de Abed Abdi e sua relação com o periódico em questão, atravessada pela própria história do periódico, pretende-se problematizar questões relativas à produção cultural e política em Israel e na Palestina no período, considerando que, desde a criação do Estado de Israel, diferentes grupos passaram a delinear um projeto nacional para a Palestina mais sólido, e nesse sentido, de libertação territorial, resistência e denúncia à ocupação e à violência contra a população palestina. Assim, analisam-se as charges de Abed Abdi como um veículo em que o artista pôde denunciar diversas situações do seu tempo, dialogando o local e o global a partir de temas como Imperialismo, intervencionismo internacional, colonialismo e a invasão às terras palestinas.

Biografia do Autor

Carolina Ferreira de Figueiredo

Mestranda em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Av. Bento Gonçalves, 9500 – Prédio 43311, Campus do Vale. Porto Alegre/RS – Brasil. CEP: 91509-900. Bolsista CNPq.

Publicado
2019-12-16
Como Citar
FIGUEIREDO, C. F. DE. O local e o global em charges. Faces da História, v. 6, n. 2, p. 196-217, 16 dez. 2019.