Etnodemonologia Andina

O feminino nos processos eclesiásticos do Vice-Reino do Peru, século XVII

  • Lorena Gouvea de Araujo UERJ/FFP
Palavras-chave: Feminino, Idolatrias, Sociedade Colonial

Resumo

Neste artigo, analisaremos o feminino na dinâmica da sociedade do Vice-Reino do Peru, durante o século XVII, a partir dos processos eclesiásticos disponíveis no Archivo Arzobispal de Lima (AAL), seção Hechicería e Idolatría. Temos o objetivo de compreender como o feminino, que dentro da lógica andina se compreendia enquanto parte de um todo orgânico e holístico, se transforma, com a chegada hispânica, em réus dos processos de visitas de Extirpação de Idolatrias. Também vamos analisar o que esses processos podem nos revelar acerca da existência, ainda que mitigada, de práticas religiosas andinas no seio da sociedade colonial do século XVII.

Publicado
2020-06-27
Como Citar
GOUVEA DE ARAUJO, L. Etnodemonologia Andina. Faces da História, v. 7, n. 1, p. 75-96, 27 jun. 2020.