Atuação política indígena na câmara municipal da vila de índios de Monte-mor o Novo no Ceará

  • João Paulo Peixoto Costa Instituto Federal do Piauí, campus Uruçuí
Palavras-chave: Índios, Câmaras municipais, Política

Resumo

Este artigo visa analisar a atuação política indígena por meio da câmara de Monte-mor Novo no contexto de intensas transformações entre a crise do Antigo Regime e a formação do Estado nacional brasileiro. Pretende-se também destacar de que maneira os índios da menor população indígena entre as vilas de índios do Ceará se colocaram nesses eventos e como seus espaços e prerrogativas foram afetados na construção do novo país. A análise dos registros permitiu perceber o traquejo administrativo dos indígenas no espaço que lhes era assegurado por lei, ainda que em desvantagem numérica, convivendo com não-índios em situações de equidade política. Foi igualmente possível avaliar a gradativa perda de suas garantias a partir da década de 1820 e a atuação dos indígenas no nascente Estado nação, até o fim da condição de vila de índios em 1830. 

Publicado
2020-06-27
Como Citar
PEIXOTO COSTA, J. P. Atuação política indígena na câmara municipal da vila de índios de Monte-mor o Novo no Ceará. Faces da História, v. 7, n. 1, p. 97-115, 27 jun. 2020.