Gênese e atualidade da noção de América Latina: uma reflexão sobre o sentido histórico da integração continental

  • Fabio Luis Barbosa dos Santos
Palavras-chave: América Latina; Nuestra America; Integração Regional

Resumo

Este texto tem como objetivo refletir sobre a pertinência da noção de América Latina no século XXI, por meio de um diálogo crítico com as posições sustentadas pelo historiador inglês Leslie Bethell em texto recente, que faz referência particularmente ao Brasil (BETHELL, 2009). Para estabelecer esse diálogo, recuperaremos o debate em torno das origens da expressão no século XIX, apresentando como um contraponto o ideário de Nuestra América forjado pelo cubano José Martí. Nossa hipótese é que a pertinência da noção de América Latina como categoria geopolítica está referida a uma apreciação da natureza dos nexos entre essa região e os Estados Unidos no mundo contemporâneo.

Biografia do Autor

Fabio Luis Barbosa dos Santos

Doutor em História Econômica pela Universidade de São Paulo (USP). Professor do Curso de Relações Internacionais da Escola Paulista de Economia, Política e Negócios da Universidade Federal de São Paulo (EPPEN-UNIFESP). Rua Angélica, 100. Jardim das Flores, Osasco, CEP 06110-295. Este artigo é uma versão aprimorada de trabalho apresentado no III Congreso de Estudios Caribeños em julho de 2014 na cidade de Santa Marta, Colômbia, e integra uma pesquisa sobre a pertinência da noção de América Latina no século XXI

Publicado
2017-08-20
Como Citar
SANTOS, F. L. B. DOS. Gênese e atualidade da noção de América Latina: uma reflexão sobre o sentido histórico da integração continental. Faces da História, v. 2, n. 1, p. 6-16, 20 ago. 2017.