Traçado de um percurso da valorização do patrimônio ferroviário

Patrimônio Urbano, Inventário e Ferrovias (França e Brasil)

  • Fernanda Lourencetti Universidade de Évora

Resumo

O objetivo deste artigo é relacionar duas diferentes políticas de valorização patrimonial, a aplicada na França e a aplicada no Brasil, e o reflexo das mesmas na preservação do patrimônio ferroviário. Entre as diferentes formas de análise do desenvolvimento do patrimônio ferroviário, existe um percurso vinculado com o desenvolvimento do conceito do patrimônio urbano. A criação de inventários tornou a França o país pioneiro no reconhecimento do legado ferroviário, entretanto, em um momento na história, a sua iniciativa encontrou-se com o desenvolvimento internacional das premissas estipuladas para a valorização do patrimônio urbano e passou a segui-lo paralelamente, como o Brasil fez desde o início da sua política de valorização. A adaptabilidade conceitual do patrimônio urbano mostrou-se fundamental para a compreensão da concepção do patrimônio ferroviário e do destino dado ao mesmo.

Publicado
2018-01-03
Como Citar
LOURENCETTI, Fernanda. Traçado de um percurso da valorização do patrimônio ferroviário. Faces da Historia, [S.l.], v. 4, n. 2, p. 181-195, jan. 2018. ISSN 2358-3878. Disponível em: <http://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/219>. Acesso em: 16 jan. 2018.