Inventários de um mosaico: Representação espacial e olhar corográfico no Brasil, século XIX.

  • Pérola Maria Goldfeder Borges de CASTRO
Palavras-chave: Representação espacial; Olhar corográfico; Política imperial

Resumo

O artigo trata das representações espaciais do Império brasileiro sob a perspectiva do olhar corográfico oitocentista. Por meio da análise de três opúsculos impressos nas primeiras décadas do século XIX, buscamos compreender como transformações no arranjo espacial do Império influenciaram na maneira de se enxergar o território e distinguir suas partes. A tese principal esboçada no artigo é a de que ao representar e inventariar o espaço, as corografias oitocentistas promoveram verdadeira invenção do Império Brasileiro e de suas especificidades regionais.

Biografia do Autor

Pérola Maria Goldfeder Borges de CASTRO

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em História Econômica – FFLCH/USP e Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – FAPESP. Endereço Institucional: Avenida Professor Lineu Prestes, 3380 – Cidade Universitária – USP – São Paulo – Brasil.

Publicado
2017-09-06