Escolarizações e Línguas em Salvador na pós-abolição: 1890/1910.

  • Ione Celeste J. de SOUSA

Resumo

O artigo apresenta pesquisa sobre o uso de diversas línguas entre pobres urbanos na cidade de Salvador (BA) nos primeiros vinte anos após a abolição da escravidão. O objetivo é investigar como aqueles sujeitos vivenciaram, no uso cotidiano, o falar diversas línguas em uma cidade marcada pela diversidade cultural, assim como, quais as articulações entre essa prática e as estratégias de escolarização implementadas pelo sistema público.

##submission.authorBiography##

Ione Celeste J. de SOUSA

Professora Adjunta da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), lotada no DCHF, Área de História. Feira de Santana,/Bahia. Doutora em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Publicado
2017-09-07
Como Citar
SOUSA, Ione Celeste J. de. Escolarizações e Línguas em Salvador na pós-abolição: 1890/1910.. Faces da Historia, [S.l.], v. 4, n. 1, p. 259-276, set. 2017. ISSN 2358-3878. Disponível em: <http://seer.assis.unesp.br/index.php/facesdahistoria/article/view/416>. Acesso em: 22 set. 2017.