LITERATURA, IMPRENSA E MULHER

MACHADO DE ASSIS E A REPRESENTAÇÃO DO FEMININO

  • Jaison Lu´ís Crestani

Resumo

Este trabalho propõe uma análise comparativa de três contos de Machado de Assis publicados em diferentes contextos de produção: o Jornal das Famílias, A Estação e a Gazeta de Notícias. Os contos selecionados permitem entrever um processo de reescritura de uma mesma situação temática, que é refundida e rearticulada com enfoques divergentes. Além de averiguar os diferentes contornos que a representação do feminino assume no decurso da produção literária do autor, pretende-se analisar também as transformações e ajustamentos da escrita machadiana em função das diferentes instâncias de publicação em que colaborou no decorrer de sua carreira.

Publicado
2018-12-20
Como Citar
CRESTANI, Jaison Lu´ís. LITERATURA, IMPRENSA E MULHER. Miscelânea: Revista de Literatura e Vida Social, [S.l.], v. 24, p. 77-98, dez. 2018. ISSN 1984-2899. Disponível em: <http://seer.assis.unesp.br/index.php/miscelanea/article/view/1219>. Acesso em: 24 ago. 2019.
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS/ORIGINAL ARTICLES