História da África e jogos

a lei 10.639/03 e o trabalho docente no ensino de história

  • Eduardo Mognon Ferreira
Palavras-chave: Ensino de História; História da África, Jogos

Resumo

Já se passaram mais de dez anos da publicação da lei 10.639/03, que regulariza o ensino de ‘história e cultura afro-brasileira’ nas escolas e universidades brasileiras. O ensino de história, um dos principais responsáveis por essa demanda, criou alguns mecanismos para tentar trabalhar essa temática urgente dos tempos atuais. Este artigo, terá como objetivo fazer um balanço da lei e algumas de suas ações curriculares ao longo destes anos de implementação da lei, e refletindo sobre um dos recursos trabalhados para a temática que são os jogos para o ensino de história, tematizado nas questões africanas. Tendo por finalidade, relacionar o tema com a prática do recurso em sala de aula.

Biografia do Autor

Eduardo Mognon Ferreira

Mestrando da universidade federal de Ouro Preto na área de História Social. Rua do Seminário S/N – Mariana/MG – eduardo_mognon@yahoo.com.br Pesquisador na área de Jogos e Recursos Didáticos Interdisciplinares com temática Ensino da História em África pelo programa de Mestrado em História Social pela Universidade Federal de Ouro Preto. Sua experiência é centrada na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem, atuando principalmente no seguinte tema: jogos, ensino de história, interdisciplinaridade. Mestrando do Curso de Pós Graduação em História Social da Universidade Federal de Ouro Preto. É atualmente professor do programa tempo integral em Educação Patrimonial na Escola Municipal Dom Luciano em Mariana-Minas Gerais. Palestrante, como professor colaborador do projeto de extensão CEAD-UFOP - O corpo brincante. Ministrando Mini-Cursos em mais de 10 polos da UAB-UFOP no curso de pedagogia espalhados pelos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

Referências

AMBRÓSIO, Márcia. O uso do portfólio no ensino superior. Petrópolis: Vozes,2013.

ARRUDA; SIMAN. Jogos Digitais e o ensino de história: novos diálogos. In: Ensinar e aprender com a história: ensaio e perspectivas sobre o ensino de história. Uberlândia: Editorna UFU,2009.

BRASIL. Orientações para os estudos nas questões etno-raciais. Brasília: MEC,2004.

BRASIL. Lei 10.639/03. Brasília: Janeiro,2003.

HERNÁNDEZ, Fernando. Cultura visual, mudança educativa e projeto de trabalho. São Paulo: Artmed,2000.

HERNANDEZ, Leila Leite. A Africa na sala de aula: visita à história contemporânea. São Paulo: Selo Negro: 2005.

LOPES, Ana Mónica; ARNAUT, Luiz. História da África: uma introdução. São Paulo: Crisálida, 2009.

PAULA, Benjamim Xavier. As relações etno-raciais e o estudo da África no ensino de história. In: Ensinar e aprender com a história: ensaio e perspectivas sobre o ensino de história. Uberlândia: Editorna UFU,2009.

PEREIRA, Nilton Mulet; GIACOMONI, Marcelo Paniz. (org.). Os jogos no ensino de história. Porto Alegre: Evangraf,2013.

SCHON, Donald. Educando o profissional reflexivo. São Paulo: Martins Fontes,2000.

ZABALA, Antoni. A prática educativa – como ensinar. São Paulo: Artmed,1998.

Publicado
2017-09-06
Como Citar
FERREIRA, E. M. História da África e jogos . Faces da História, v. 3, n. 2, p. 98-112, 6 set. 2017.