Francisco Curt Lange e o Americanismo Musical nas décadas de 1930 e 1940.

  • Fernanda Nunes Moya
Palavras-chave: Francisco Curt Lange; Americanismo Musical; Música; Cultura

Resumo

Neste artigo, resultante da minha pesquisa de doutorado concluída em julho de 2014, analisarei a teoria musical de Francisco Curt Lange (1903-1997) – batizada pelo próprio como “Americanismo Musical”. Em seus escritos, o alemão naturalizado uruguaio defendeu a integração cultural do continente a partir da música e, para concretizar seus propósitos, buscou a colaboração de diversos intelectuais de todo o continente americano fundando instituições e periódicos dedicados ao assunto.

Biografia do Autor

Fernanda Nunes Moya

Doutora em História pelo Programa de Pós-graduação em História - Faculdade de Ciências e Letras -UNESP - Universidade Estadual Paulista, Campus de Assis - Av. Dom Antônio, 2.100, CEP: 19806-900, Assis, São Paulo, Brasil. A pesquisa que resultou neste artigo contou com financiamento parcial da CAPES.

Publicado
2017-08-20
Como Citar
MOYA, F. N. Francisco Curt Lange e o Americanismo Musical nas décadas de 1930 e 1940. Faces da História, v. 2, n. 1, p. 17-37, 20 ago. 2017.