ALTERIDADE, CANTO E OPACIDADE

  • Henrique de Toledo Groke

Resumo

Este artigo, por meio da análise do conto “Sorôco, sua mãe, sua filha”, de João Guimarães Rosa (Primeiras estórias, 1962), procura dialogar alguns de seus elementos e procedimentos literários a noções e posturas tanto estéticas como ideológicas elaboradas pelo ensaísta, poeta e romancista martinicano Édouard Glissant, principalmente com relação à Poética do Diverso, abordando o tratamento da alteridade, sua opacidade e o papel central do canto na narrativa escolhida.

Publicado
2017-10-11
Como Citar
DE TOLEDO GROKE, Henrique. ALTERIDADE, CANTO E OPACIDADE. Miscelânea, [S.l.], v. 5, p. 116-134, out. 2017. Disponível em: <http://seer.assis.unesp.br/index.php/miscelanea/article/view/714>. Acesso em: 17 out. 2017.
Edição
Seção
DOSSIÊ: A POÉTICA DE JOÃO GUIMARÃES ROSA NO CENTENÁRIO DE SEU NASCIMENTO