PERFORMANCES DA MEMÓRIA

ORALIDADE E ESCRITA EM DIÁLOGO

  • Vanusa Mascarenhas Santos

Resumo

O presente trabalho propõe-se discutir, em Terra Sonâmbula, obra literária do escritor moçambicano Mia Couto, como a oralidade e a escrita são dinamizadas em uma proposição de memória africana. A hipótese é que o diário de Kindzu, texto escrito a partir de experiências ouvidas e vividas pelo próprio narrador, ao ser reencenado performaticamente em volta da fogueira por Muidinga e misturado às suas vivências e de Tuahir abala a composição clássica da memória escrita e esgarça o mutismo imposto pela leitura silenciosa.

Publicado
2018-06-12
Como Citar
MASCARENHAS SANTOS, Vanusa. PERFORMANCES DA MEMÓRIA. Miscelânea: Revista de Literatura e Vida Social, [S.l.], v. 22, p. 297-312, jun. 2018. ISSN 1984-2899. Disponível em: <http://seer.assis.unesp.br/index.php/miscelanea/article/view/1100>. Acesso em: 16 dez. 2018.
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS/ORIGINAL ARTICLES