A LITERATURA JUVENIL CONTEMPORÂNEA

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A FORMAÇÃO DE UM SUBSISTEMA LITERÁRIO

  • Eliene da Silva Dias Uespi
  • Diógenes Buenos Aires de Carvalho UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI
Palavras-chave: Literatura juvenil; Narrativa juvenil; Jovens leitores.

Resumo

A literatura juvenil vem se destacando e aumentado o interesse dos investigadores e de editores substancialmente aqui no Brasil, por revelar traços peculiares à sua criação, marcadas por uma riqueza de significações. As narrativas juvenis contemporâneas por sua vez, apresentam em sua estrutura “[...] de modo intenso e eficaz, a diversidade do mundo contemporâneo, aliando imaginação criadora e crítica social, projeto educativo e recriação linguística, escrita criativa e visualidade” (NAVAS e SILVA, 2016, p.9), envolvendo assim os jovens leitores. Nesse sentido, o presente trabalho busca contribuir com as discussões acadêmicas que se voltam para esse campo, embasada em estudos e contribuições de pesquisadores e teóricos como: Colomer (2003), MARTHA e AGUIAR (2016), NAVAS e SILVA (2016), dentre outros que se debruçam pelo referido sistema literário.

Biografia do Autor

Diógenes Buenos Aires de Carvalho, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI

Pós-Doutorado (PNPD/CAPES) no Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo (UPF). Professor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), atuando na Graduação em Letras e no Mestrado Acadêmico em Letras. Professor Convidado do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPI. Editor-chefe do periódico eletrônico Letras em Revista (UESPI/https://ojs.uespi.br/index.php/ler), Coordenador do GT Leitura e Literatura infantil e juvenil da ANPOLL (www.gtllij.com.br) e integrante da RELER.  Rede de Estudos Avançados em Leitura (Cátedra UNESCO de Leitura) Instituto Interdisciplinar de Leitura - PUC Rio), Coordenador do Grupo de Pesquisa Literatura, Leitura e ensino (CNPq/UESPI). Membro do corpo editorial dos seguintes periódicos: FRONTEIRAZ, EntreLetras (Online), Carta CEPRO, Tecnia (Lima), Caderno Seminal Digital (Rio de Janeiro), Textura (Canoas), Signo (UNISC. Online), Literatura em Debate (URI), Kalíope (PUCSP), Nome - Revista de Letras (UFG), Cadernos do Aplicação (UFRGS), Signos (Lajeado), e Pesquisa em Foco (0103-5762). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: Estética da Recepção, Literatura infantil e juvenil, Adaptação literária, Formação do leitor, Ensino de literatura, Letramentos literário e digital. Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2900846695607286

Publicado
2020-01-16
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS/ORIGINAL ARTICLES